10 tipos mais comuns de acidentes na construção civil

Home / 10 tipos mais comuns de acidentes na construção civil

10 tipos mais comuns de acidentes na construção civil

21 de setembro de 2017 | Segurança na obra | Nenhum comentário

Mesmo com todo o cuidado dispensado, o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e equipamentos de proteção coletiva (EPCs) e outras medidas de segurança adotadas, os acidentes na construção civil continuam.

Leia também: Quais as medidas a serem tomadas em caso de acidente fatal em uma obra

Para evitá-los e com o objetivo de zelar pela integridade física e pelas vidas dos trabalhadores envolvidos, o blog hoje falará sobre os tipos mais comuns de acidentes em canteiros de obras.

Os 10 acidentes na construção civil mais frequentes

1) Quedas de altura

Uma das principais causas de mortes na construção, a queda de altura pode ser evitada com algumas dicas de segurança dadas anteriormente pelo blog. Além disso, para esse tipo de trabalho é recomendado o uso de EPCs e EPIs mais resistentes.

2) Queda de objetos

Acidente também bastante comum, é causado, entre outros motivos, por desatenção. Para evitar que objetos atinjam trabalhadores, é essencial o uso de EPIs e EPCs.

3) Picadas de insetos e animais peçonhentos

Nos canteiros, é comum encontrar mosquitos, cobras, aranhas e escorpiões, entre outros. É preciso estar atento onde se pisa ou coloca a mão e andar sempre com os EPIs indicados.

Em caso de picada de animal peçonhento, é recomendado lavar o local com água e sabão, manter a vítima em repouso e levá-la o quanto antes ao serviço de saúde mais próximo.

4) Lesão por Esforço Repetitivo (LER)

Caracterizada pela repetição excessiva de um mesmo movimentos, a LER compromete principalmente os músculos, nervos e tendões, causando dores e inflamação.

Pode ser evitada a partir da adoção, por parte do empregador, de um programa simples de saúde ocupacional que estipule pausas regulares e alongamentos, entre outros.

5) Impacto e colisões causadas por veículos

Trabalhadores que dirigem, entre outros, caminhões, tratores e empilhadeiras devem sempre fazer o uso do cinto de segurança, além de EPIs adequados, a fim de evitar esse tipo de acidente. A manutenção de veículos em dia também é essencial.

6) Exposição intensa e contínua a ruídos

Pode causar Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) quando o trabalhador é exposto de forma contínua, por exemplo, a um barulho de 85 decibéis (dB) durante oito horas ao dia.

Para evitar que isso ocorra, a empresa deve colocar em prática os Programas de Conservação Auditiva (PCA) e disponibilizar aos trabalhadores EPIs como o protetor auricular.

7) Choques elétricos

Em uma obra, apenas os eletricistas estão habilitados a fazer ligações, extensões e proteger as instalações elétricas. Ainda assim, devem sempre fazer uso dos EPIs necessários.

8) Tombos

Ocorrem por vários motivos, desde escorregões em pisos molhados a corridas desnecessárias. Para evitá-los, é preciso muito cuidado, olhar por onde anda e organizar os ambientes da melhor maneira.

9) Distensões Musculares

Podem ocorrer, por exemplo, ao levantar materiais pesados. Ocorrem quando o músculo está sob grande esforço e podem resultar na ruptura de algumas fibras musculares.

10) Cortes e Lacerações

Provocados geralmente pelo uso incorreto de equipamentos utilizados em obras, também ocorrem quando o profissional não é devidamente treinado para operar determinada máquina. O fornecimento de treinamento adequado é fundamental para evitar esse tipo de acidente.

Hoje o assunto do blog foram os 10 tipos mais comuns de acidentes na construção civil. Você tem alguma outra dica para evitá-los? Escreva nos comentários abaixo!

Compartilhe o post:

About Author

Deixe uma resposta

shares