Categoria: Geral

Home / Categoria: Geral

Documentação legal mínima exigida no canteiro

28 de maio de 2019 | Geral | Nenhum comentário

Para iniciar uma construção não é só “planejar a estrutura e colocar a mão na massa”. Como a maioria das coisas, toda edificação exige uma documentação legal, como licenças, alvarás e afins. No entanto, algumas pessoas se esquecem desse aspecto e acabam atrasando o seu início ou até tendo a obra barrada pelos órgãos fiscalizadores por não ter alguma licença ou documento obrigatório. Por esse motivo, para que sua construção não seja prejudicada e que você não passe por essa situação, listamos toda documentação exigida para que você não esqueça nenhuma para trás. Confira!

  1. Alvará de Construção Civil

Este alvará é o documento que comprova que o projeto foi autorizado pela prefeitura da cidade onde a obra está localizada. É por ele que há a garantia que o projeto e as plantas da construção estão seguindo as normas e exigências do código de obras e lei de zoneamento.

O Alvará de Construção Civil também estabelece os prazos e deixa documentado o responsável técnico pela obra, pois é ele que será procurado pelos fiscais da prefeitura quando houver visitas no canteiro de obras. Em razão da importância desse alvará, ele deverá ficar visível em um local seguro na construção e, caso alguma edificação iniciar sem este documento, o responsável poderá sofrer graves consequências como multas, embargos ou até mesmo responder judicialmente em casos de acidentes de trabalho ou danificação nas construções ao redor.

  • Anotação de Responsabilidade Técnica

A ART ou Anotação de Responsabilidade Técnica é norteada pela Lei nº 6.496, de 7 de dezembro de 1977. É por meio desta documentação que um engenheiro ou arquiteto assume a responsabilidade pela construção, assegurando que a obra obedeça a todos os parâmetros legais, com todos alvarás autorizados e obedecendo todas as normas (NRs), garantindo também que ela não apresentará nenhum risco ao proprietário futuramente.

Existem 3 diferentes tipos de ART, sendo elas:

  • De obra ou serviço de rotina;
  • De obra ou serviço;
  • De cargo ou função.

A ART pode ser vinculada ao projeto ou a etapa de execução. Quando atrelada ao projeto, significa que há um responsável (engenheiro ou arquiteto) pela criação de plantas e toda a estrutura da edificação. Já, quando a documentação estiver vinculada a execução, indica que há um profissional responsável para que a obra seja erguida conforme estabelecido no projeto.

  • Registro

O registro do imóvel é um documento essencial para que haja seguridade do direito de propriedade ao dono do imóvel ou a empresa. Este registro é feito em cartório e só a partir dele que o proprietário consegue retirar o alvará de construção na prefeitura. Além disso, só com ele em mãos que é possível fazer o ligamento de água e energia para iniciar a obra.

  • Alvará do Corpo de Bombeiros

Este documento é muito importante para garantir a segurança de todos no canteiro de obras. Já sabemos que são altos os índices de acidentes em construções civis, por isso, é através dele que o corpo de bombeiros analisa a necessidade de extintores de incêndio, materiais antichamas, rotas de fuga ou escadas de emergência, entre outros elementos indispensáveis para garantir a segurança do local.

  • Documentação sobre Saúde e Segurança no Trabalho

Esta documentação tem como objetivo garantir a todos os envolvidos na obra a sua integridade física e mental. Desse modo, existem dois documentos essenciais: o PPRA e PCMSO.

O Programa de Prevenção de Risco Ambientais – PPRA, assegura que houve na construção o reconhecimento dos fatores de risco e que, a partir dessa análise, todos os instrumentos e equipamentos de segurança, tanto coletiva como individual, serão instalados conforme a necessidade e etapas de execução.

Logo, o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, visa o monitoramento de todos os riscos à saúde que o ambiente laboral proporciona. Sendo assim, através dele, há exigências de diversos exames clínicos para que possa ser feitar a prevenção de possíveis doenças devido a exposição de algum elemento. Só a partir do PCMSO que os equipamentos de proteção individual serão utilizados corretamente e que será possível a prevenção de acidentes. Vale lembrar que esta documentação pode variar de acordo com a estrutura, tipo de projeto e até localidade da edificação. Por isso, é muito importante que o maior interessado analise quais são as exigências da cidade onde ele se encontra. Garanta que sua obra cumpra todas as leis e normas de segurança, caso tenha dúvidas, consulte um profissional especializado.

Agenda da Construção 2019

21 de março de 2019 | Geral | Nenhum comentário

A Construção Civil é uma área abrangente e que sempre traz inovações. Para se atualizar das novidades e temas do setor, é imprescindível a participação em eventos. Além de descobrir mais conteúdos, os eventos ainda proporcionam benefícios como inspirações, criação de um networking, cases de sucesso e, principalmente, a implantação de boas práticas e produtos no dia a dia.

Pensando nisso, separamos eventos da área de construção civil extremamente relevantes para você acompanhar!

MARÇO

Expo Revestir 2019

Data: 12 a 15 de março

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo (SP)

O que traz: O maior evento de acabamentos da América Latina, a Expor Revestir (Fórum Internacional de Arquitetura e Construção), traz para os profissionais e estudantes da área de Arquitetura e Engenharia Civil novidades em acabamentos e diversos materiais, além de palestras muito relevantes. Para o setor de engenharia civil, o fórum é interessante por possibilitar um contato direto com fornecedores, conhecer materiais e facilitar a negociação. Para mais informações, acesse o site do evento.(http://www.exporevestir.com.br/)

ABRIL

100 dias de Governo – Impactos para habitação

Data: 2 de abril

Local: Hotel Renaissance – São Paulo (SP)

O que traz: Organizada pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias, ABRAINC, o evento reúne palestrantes tanto do setor privado da construção civil, quanto representantes do governo, para debaterem sobre a retomada de investimentos públicos e privados, políticas de financiamento para programas de habitação, entre outros assuntos, e quais são as consequências deles. Mais informações e inscrições no site da ABRAINC.(https://www.abrainc.org.br/evento/100-dias-de-governo-impactos-para-habitacao/)

Bauma

Data: 8 a 14 de abril

Local: Munich – Alemanha

O que traz:  Realizada trienalmente, a Bauma teve em sua última edição a presença de mais de meio milhão de visitantes. A maior feira do mundo de máquinas de construção civil contou também com mais de 3.000 expositores de 58 países diferentes. A edição de 2019 promete muitas inovações e uma grande rede de contatos. Confira mais no site do evento. (https://www.bauma.de/exhibitors/information/bauma/index.html)

Feicon Batimat

Data: 9 a 12 de abril

Local: Centro de Exposições São Paulo Expo – São Paulo (SP)

O que traz:  O Feicon Batimat, realiza a sua 25ª edição e traz para profissionais da área uma exposição completa de produtos e serviços relevantes na construção civil, o que faz dele um evento imperdível. Para mais informações e inscrições, acesse o site oficial do evento.(https://www.feicon.com.br/)

Summit Imobiliário 2019

Data: 16 de abril

Local: Hotel Hilton São Paulo Morumbi – São Paulo (SP)

O que traz: Organizado pelo Jornal Estadão, o evento é o maior do ramo imobiliário e conta com palestras sobre assuntos importantes e atuais que serão ministradas por líderes políticos e CEOs de empresas do segmento. Para mais informações, acesse o site do evento (https://estadaosummitimobiliario.com.br/)

MAIO

15º Ranking ITC

Data: 15 de maio

Local: Espaço APESP – São Paulo (SP)

O que traz: Com edições anuais, o Ranking ITC é uma realização da INTEC do Brasil. A premiação homenageia as 100 maiores construtoras do Brasil, além de premiar as primeiras colocadas em 4 categorias e subcategorias. Para mais informações, acesse o site do evento (http://www.rankingitc.com.br/)

Prêmio ABCEM – Inscrição

Data: 17 de maio (envio de projeto)

Local: Online

O que traz: A premiação destinada a arquitetos avalia projetos feitos com a predominância de elementos e componentes de aço. As inscrições para o concurso vão até o dia 17 de maio, e o prêmio no valor de R$10.000 será entregue ao vencedor na Construmetal, no dia 14 de agosto. Mais informações e inscrições no site oficial.   (https://www.abcem.org.br/construmetal/premio-abcem.php)

4º Congresso Latino-Americano Steel Frame

Data: 28 e 29 de maio

Local: Centro de Convenções Rebouças – São Paulo (SP)

O que traz: Visando construções mais sustentáveis, baratas e rápidas, o 4º Congresso Latino-Americano Steel Frame traz discussões e inovações sobre o sistema construtivo Steel Frame, reunindo profissionais de excelência do setor de diversos países da América Latina. Para mais informações e inscrições, acesse o site oficial do evento. (https://www.congressosteelframe.com.br/)

JULHO

Brazil ExpoMoving – Construção, Infraestrutura e Mineração

Data: 16 a 19 de julho

Local: Arena Peão do Prado – Jockey Club de São Paulo – São Paulo (SP)

O que traz: A 1ª edição do Brazil ExpoMoving visa trazer inovação em equipamentos, provocando um impacto positivo ambiental e social. O evento contará com demonstrações e exposições para que o público possa observar a performance de operação, capacidade, versatilidade e a tecnologia embarcada dos equipamentos. Acesse o site oficial do evento (http://brazilexpomoving.com.br/) para mais informações.

Construsul – 22ª Feira Internacional da Construção

Data: 30 de julho a 2 de agosto

Local: Centro de Eventos FIERGS – Porto Alegre (RS)

O que traz: Com a presença de empresas de segmentos de toda a cadeia produtiva da construção, a Construsul recebe também visitantes profissionais da área, possibilitando um networking a nível nacional. Para mais informações, acesse o site oficial do evento. (http://www.feiraconstrusul.com.br/)

AGOSTO

Expo Proteção 2019

Data: 7 a 9 de agosto

Local: Expo Center Norte – Pavilhão Branco – São Paulo (SP)

O que traz: O maior evento de Segurança do Trabalho e Emergência do Brasil traz uma exposição das melhores marcas do segmento, além de uma programação com mais de 40 eventos técnicos e workshops paralelos enriquecedores para profissionais da área. Confira mais informações no site do evento. (https://www.expoprotecao.com.br/)

Build Show South America

Data: 14 a 16 de agosto

Local: São Paulo Expo – São Paulo (SP)

O que traz: Evento referência na área de construção civil, o Build Show conta com a exposição de fornecedores e transformadores de matéria prima da construção, brasileiros, italianos e estado-unidenses, sendo uma ótima oportunidade para realizar um networking. Além disso, o Build Show conta com uma programação de eventos técnicos como o Concrete Show e o ConstruMetal. Confira mais informações no site (https://www.buildshow.com.br/pt)!

25º Prêmio Master Imobiliário

Data: 28 de agosto

Local: Clube Atlético Monte Líbano, em São Paulo (SP).

O que traz: Em edição comemorativa de 25 anos do evento, promovido pela FIABCI Brasil, o Prêmio Master Imobiliário foi inspirado no prêmio da FIABCI Mundial, o Prix d’Excellence, e homenageia grandes nomes da arquitetura, engenharia, construção, desenvolvimento urbano, incorporação, administração, vendas e marketing, entre outros segmentos. Para saber mais, acesse o site da premiação. (http://www.premiomasterimobiliario.com.br/site/)

OUTUBRO

FINNEC 2019 – Feira da Construção Norte/Nordeste

Data: 23 a 25 de outubro

Local: Arena Fonte Nova – Salvador (BA)

O que traz: A Feira da Construção Norte/Nordestetrará tudo de mais moderno e tecnológico no ramo da construção civil, sendo uma porta de entrada para produtos, inovações e novas soluções. O evento é um acesso direto a fornecedores e uma excelente oportunidade para atualização e networking. Saiba mais no site do evento(http://finnec.com.br/).             É muito importante sempre se atualizar, por isso, atente-se aos eventos de maior relevância no setor. A partir deles, você terá acesso a informações ricas e poderá implantar no seu trabalho as melhores soluções. Continue acompanhando nosso blog para mais conteúdo relativos à construção civil!

Redução de custos: o uso do BIM no projeto

21 de fevereiro de 2019 | Geral | Nenhum comentário

Apesar de alguns profissionais ainda resistirem a este modelo, o BIM (Build Information Modeling), é a forma mais inteligente e avançada de se planejar a construção civil e administrar melhor todas as suas etapas. Para explicar de maneira mais clara, o BIM é um conjunto de metodologias, procedimentos, softwares e outras tecnologias, que torna possível a visualização completa do projeto da construção de forma digital. Com ele, é executável a criação de modelos digitais em 2D e 3D, não só do projeto em si, mas também de todos os objetos que estarão presentes na obra, colaborando para um trabalho mais consistente e coordenado dentro da construção civil.

Mas como o BIM se relaciona com os custos operacionais?

Primeiro de tudo, imagine que durante o planejamento do edifício, além da visualização de como ficará o projeto final, seja possível também calcular tudo que será usado antes mesmo do início da construção. Então, com o BIM é possível fazer este cálculo em quantidades exatas de cada item, analisando todos os materiais e ferramentas necessárias e, assim, evitar gastos com compras em excesso ou com itens que não serão utilizados.

Contudo, o BIM não ajuda a reduzir os gastos apenas por este fator. Com a evolução do mercado da construção civil, é comum encontrarmos projetos cada vez mais complexos e detalhados, envolvendo uma equipe multidisciplinar dentro do canteiro de obras.  O que pode acontecer nestes casos, é que como cada planejamento (estrutural, arquitetônico, instalações, etc.) é feito por um profissional, o problema da incompatibilidade durante obra pode aparecer, ocasionando falhas e pausas nos procedimentos e, com isso, um retrabalho. E onde há retrabalho, há aumento de custos.

Inovações para segurança do trabalho

A grande novidade do uso do BIM é na otimização dos procedimentos que envolvem a saúde e segurança no canteiro de obras. O SESI (Serviço Social da Indústria), juntamente com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), vem desenvolvendo um projeto para revolucionar o BIM – o BIM SST. Será um software para integrar todas as inovações da construção civil com a segurança dos trabalhadores, tornando possível observar detalhadamente todos os locais que apresentarão possíveis riscos durante o período de construção. Analisando estes fatores, mais uma vez observamos uma redução de custos, pois casos de acidentes de trabalho serão reduzidos e, portanto, uma diminuição também de multas e indenizações aos trabalhadores acidentados.

Observou a necessidade de adotar cada vez mais o BIM nos projetos de edificações? Com ele é possível evitar o custo operacional por desperdícios, erros e retrabalhos, além de otimizar o tempo nos procedimentos, pela redução de falhas, melhorando assim a qualidade na entrega da construção civil.

Abril Verde: saúde e segurança no trabalho

26 de março de 2018 | Geral, Segurança na obra | Nenhum comentário

Com dimensões continentais, economia emergente e mais de 207 milhões de habitantes, o Brasil figura com destaque em rankings mundiais variados. Nem sempre as posições são positivas. O país está entre os que mais mutilam, adoecem e matam seus trabalhadores. Por esse motivo, o Abril Verde, mês dedicado às discussões sobre medidas de saúde no trabalho, é extremamente importante.

De acordo com dados da Previdência Social, em média, são registrados 700 mil acidentes de trabalho por ano desde 2010. Só em 2014, foram registrados 704 mil acidentes, 2.783 mortes e mais de 251 mil afastamentos por um período superior a 15 dias. Estatísticas semelhantes aos de países em guerra.

Os números são alarmantes e podem ser ainda piores. Nem todos os acidentes chegam ao conhecimento das autoridades fiscalizadoras. O quadro reforça a importância do movimento Abril Verde.

Desde que o dia 28 de abril foi consagrado pela Organização Internacional do Trabalho como o dia Mundial em Memórias às Vítimas de Trabalho e de Doenças Ocupacionais, iniciou-se um movimento de conscientização massiva em todos os dias do mês, reforçando a necessidade de ambientes de trabalho mais protegidos.

Nesse ano, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tema do Dia Mundial da Saúde, que é 7 de abril, será focado na necessidade de cuidados com a saúde mental dos trabalhadores, reforçando o movimento.

Durante todo o ano e, em especial neste Abril Verde, a adoção das medidas necessárias para evitar acidentes de trabalho devem ser asseguradas. É importante evitar que as estatísticas já tão ruins aumentem ainda mais.

A sua empresa prepara alguma atividade especial para esse Abril Verde? Compartilhe conosco!

Uma das melhores formas de fazer parcerias e conhecer novidades e tendências sobre o setor de construção civil é por meio de eventos, sejam eles no Brasil ou em outros países. Veja, abaixo a agenda da construção civil de 2018. Preparamos uma lista de feiras, congressos e cursos que vão acontecer este ano e merecem sua atenção.

Expo Revestir – São Paulo (SP)

13 a 16 de março. Considerada a Fashion Week da arquitetura e construção, a feira chega a sua 16ª edição com o objetivo de impulsionar os negócios, otimizar o tempo dos profissionais do setor e estimular o crescimento.

Feira Light + Building – Frankfurt (Alemanha)

18 a 23 de março. Feira especializada em componentes de sistemas, construção de plantas e engenharia de edifícios. Costuma trazer os últimos avanços da tecnologia com inovações, tendências e intercâmbio de conhecimento.

Sinduscon/Curso ISS – São Paulo (SP)

5 de abril. Curso oferecido pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) explica a sistemática de tributação do Imposto Sobre Serviços (ISS) de qualquer natureza, com foco no setor da construção civil. Associados têm desconto.

Feira Ceramitec – Munique (Alemanha)

10 a 13 de abril. Feira conecta todo o setor cerâmico, atendendo fabricantes, fornecedores e consumidores. Além de produtos e tecnologia, o evento explora tendências para os próximos anos.

Expo Arquitetura Sustentável – São Paulo (SP)

10 a 13 de abril. Reúne arquitetos, construtores e lojistas. O evento traz palestras, debates e costuma apresentar novos conceitos e soluções de sustentabilidade para eficiência na construção civil.

FEICON Batimat – São Paulo (SP)

10 a 14 de abril. Maior feira nacional de produtos para a indústria da construção civil. Apresenta os setores da cadeia produtiva e uma variada programação temática, com foco em negócios, conteúdo, inovação e relacionamento.

Feira Wire Tube – Düsseldorf (Alemanha)

16 a 20 de abril. Feira internacional do setor de tubos e fios. Apresenta tendências, tecnologias e inovações, além da exposição de produtos e serviços.

FEIMEC – São Paulo (SP)

24 a 28 de abril. Com mais de 200 empresas confirmadas, a Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos proporciona as mais diversas opções de negócios e networking.

Sinduscon/Curso de Capacitação ISO 9001:2015 – São Paulo (SP)

27 de abril. O curso apresenta as regras de transição e os novos requisitos da ISO 9001, de 2015. A proposta é explicar o que mudou desde a versão 2008 e compartilhar estratégias importantes focadas nessa mudança. Associados têm desconto.

Encontro Nacional da Indústria da Construção – Florianópolis (SC)

16 a 18 de maio. Evento realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Reúne empresários, especialistas e profissionais de todos os segmentos da cadeia produtiva da construção civil para debater temas do setor.

II Congresso Iberoamericano de Habitação – Salvador (BA)

4 a 5 de junho. Organizado pela Federación Interamericana del Cemento (Ficem), Federación Iberoamericana del Hormigón Premezclado (FIHP) e pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Concretagem (Abesc), o evento traz palestras de grandes nomes do setor de construção civil.

MT&Expo – São Paulo (SP)

5 a 8 de junho. A Feira e Congresso Internacionais de Equipamentos para Construção e Mineração reúne grande variedade de máquinas e equipamentos para construção civil.

Vitoria Stone Fair 2018 – Vitória (ES)

5 a 8 de junho. A 45ª Feira Internacional do Mármore e Granito reúne expositores, empresários e profissionais do setor. Referência para o setor de rochas ornamentais na América Latina, é uma oportunidade para realizar negócios, avaliar produtos, lançar serviços, fortalecer parcerias e prospectar mercados.

Construsul 2018 – Porto Alegre (RS)

1 a 4 de agosto. Feira Internacional da Construção é consagrada por geração de negócios por congregar toda a cadeia produtiva e englobar os setores de construção, acabamentos e infraestrutura.

High Design – São Paulo (SP)

28 a 30 de agosto. A feira traz apresentação de soluções para projetos de arquitetura e design de interiores, palestras e exposições de móveis. É voltada para arquitetos, designers de interiores, construtores e lojistas de alto padrão.

Ficons 2018 – Olinda (PE)

11 a 15 de setembro. A Feira Internacional de Materiais, Equipamentos e Serviços da Construção conta com mais de 200 expositores e deve receber mais de 30 mil visitantes.

60° Congresso Brasileiro do Concreto – Foz do Iguaçu (PR)

17 a 21 de setembro de 2018. Maior fórum técnico nacional para debate sobre a tecnologia do concreto e seus sistemas construtivos. O evento mostrará as novidades em pesquisas científicas, tecnologias e inovações do setor.

ExpoConstruir – Fortaleza (CE)

20 a 23 de setembro. A feira divulga as principais novidades relacionadas à construção civil e proporciona um ambiente favorável ao conhecimento e à geração de negócios.

Construct Canada – Toronto (Canadá)

28 a 30 de novembro. Uma das cinco feiras que compõem o The Building Shows, maior exposição da América do Norte do setor. Apresenta os mais recentes produtos, tecnologias, práticas e aplicações para todos os tipos de construções.

Ficou por dentro dos principais eventos do ano? Sentiu falta de algum? Escreva sua opinião nos comentários abaixo!

4 atribuições do engenheiro de obras

21 de agosto de 2017 | Geral | Nenhum comentário

Indispensável em um canteiro, o engenheiro de obras tem como principal função fazer com que o trabalho aconteça conforme o planejado, ou seja, materializar o projeto inicial.

É ele o profissional da construção civil que irá organizar as atividades diárias da obra e de seus respectivos trabalhadores. Além disso, cabe ao engenheiro de obras a responsabilidade de unir todos os envolvidos nas mais variadas etapas do projeto.

Engenheiro de obras: o “paizão do canteiro”

Muitos dizem que o engenheiro de obras é um verdadeiro “paizão do canteiro”. E isso não é exagero, por conta de todas as suas responsabilidades e da grande habilidade que esses profissionais têm em criar relacionamentos e cativar pessoas.

Com isso, falaremos abaixo de 4 das principais atribuições do engenheiro de obra, Confira:

Estudar detalhadamente os projetos

Para entender o que será construído e materializar aquilo da melhor forma, é essencial um estudo detalhado do projeto por parte do engenheiro de obras.

Após esse estudo, cabe ao profissional planejar as ações e definir as etapas de cada parte do projeto.

Gerenciar prazos, custos e qualidade

Como “gerente” da obra, o engenheiro de obras tem de conciliar responsabilidades inerentes ao cargo e também fiscalizar se prazos, custos e qualidades estão de acordo com o planejado.

Caso isso não aconteça, ele deve intervir e tomar decisões para que os atrasos e problemas sejam sanados da melhor maneira, a fim de evitar prejuízos para a obra e garantir a qualidade do produto final.

Quantificar, adquirir e gerir materiais de construção

A partir do projeto, o engenheiro de obras deve quantificar os materiais necessários para cada etapa do trabalho. E ainda adquirir e gerir essa matéria-prima da melhor forma.

Cabe ao engenheiro, ainda, garantir máxima eficiência na utilização desses materiais, inclusive reaproveitando e reutilizando o que for possível, minimizando o desperdício.

Definir e administrar sua equipe

Após o projeto, é também responsabilidade do engenheiro de obras dimensionar a quantidade de funcionários em cada uma das etapas de uma obra. Nessa atribuição, além de gerir pessoas e coordenar as atividades, ele ainda deverá delegar funções.

Hoje falamos um pouco mais das atribuições do engenheiro de obras. Há alguma outra que você gostaria de comentar? Aproveite os comentários abaixo para isso!