Cinco vantagens do concreto usinado

Home / Cinco vantagens do concreto usinado

Cinco vantagens do concreto usinado

20 de abril de 2021 | Geral | Nenhum comentário

Concreto usinado

O concreto usinado, também conhecido como concreto dosado em central (CDC), é preparado com um controle bastante rigoroso de materiais – areia, brita, cimento e aditivos – em empresas concreteiras e transportado para o canteiro de obras pelos caminhões betoneiros.

Isso garante que, na obra, o concreto vai se comportar de acordo com o que foi planejado e projetado. Já o concreto feito na obra em geral, possui baixa qualidade e alta variabilidade.

Talvez você se pergunte qual a principal diferença entre ele e o concreto preparado na obra, e a resposta é simples: o processo de preparo do concreto usinado acontece de forma dinâmica, com os produtos químicos sendo despejados em um recipiente para serem dosados, em proporções inferiores a 5% em relação à massa do cimento.

A finalidade destes aditivos é de modificar algumas propriedades do concreto ou garantir mais qualidade para melhorar o seu comportamento na utilização durante a obra.

Estes aditivos dependem do tipo de aplicação do concreto. Para concretos auto adensáveis são utilizados aditivos super plastificantes, por exemplo.

Para garantir a alta qualidade do concreto usinado, são obrigatórios alguns requisitos, como:

– Respeitar o meio ambiente, principalmente quanto à reciclagem;

– Equipamentos de preparação e transportes confiáveis;

– Um responsável técnico em laboratório de controle certificado;

– Garantia de procedência e qualidade dos insumos utilizados;

E quais as vantagens de utilizar o concreto usinado?

Neste artigo, vamos te mostrar pelo menos cinco vantagens da utilização do concreto dosado em central na sua obra.

  1. Economia

Com uma central dosadora é possível contar com uma maior exatidão na pesagem dos insumos. Com isso, pode-se evitar o desperdício de matérias-primas, há exigência de menos mão-de-obra e, consequentemente, reduz os custos da obra.

Utilizar uma central de concretagem fora do canteiro de obras também é vantajoso, garantindo maior espaço, uma vez que não há armazenamento do cimento no local.

  •  Controle de qualidade

A mistura para a obtenção do concreto usinado é realizada de forma controlada e monitorada em usinas de concreto, sempre seguindo as especificações trazidas pela NBR 7212/2012, que define os procedimentos para execução do concreto dosado em central com qualidade e segurança.

A NBR ainda define algumas operações de armazenamento de materiais, transporte, mistura, recebimento, dosagem, controle de qualidade e inspeção, critérios de aceitação e rejeição do controle interno da central de concreto.

  •  Responsabilidade

Ao optar pelo concreto dosado em central, a garantia da qualidade do produto é de responsabilidade da empresa de concretagem. Portanto, a entrega deve ser precisa e especificada de acordo com o projeto solicitado, oferecendo mais segurança ao construtor.

  •  Velocidade

A empresa concreteira tem capacidade de produzir um grande volume de concretagem de forma rápida e sem interrupções. Esta é uma grande vantagem para cumprir prazos e garantir elementos estruturais de qualidade, sem juntas frias ao longo da peça.

  • Meio ambiente

Como já comentamos, a fabricação de concreto usinado permite o controle de insumos, o que evita o desperdício de matéria-prima retirada do meio ambiente. Reduzindo a retirada de matéria-prima, geramos menos impactos ao meio ambiente.

Quando se está planejando uma obra menor, é comum que o concreto usinado seja descartado logo no início, mas não deveria! Vale lembrar que o CDC é fabricado de acordo com a necessidade de cada construção e tem um custo-benefício melhor se compararmos a outros tipos de concreto.

Portanto, podemos afirmar que não há restrições para o uso do concreto usinado em obras de construções civis. Este é um modelo que garante a segurança e a qualidade que um dos principais materiais da edificação deve oferecer.

Mas atenção: essa nem sempre é uma compra simples. Além do processo de cotação e compra, é preciso que haja uma fiscalização atenta pelo responsável da obra no planejamento, recebimento, execução e pós-execução. Assim, é possível garantir o sucesso na etapa da construção, com agilidade e qualidade.

Gostou deste artigo? No nosso blog você encontra outros textos sobre temas relevantes para a construção civil.  

Compartilhe o post:

(Visited 130 times, 2 visits today)

About Author

Deixe uma resposta

shares