Sistemas de segurança: o que é um sistema de rede em U?

Home / Sistemas de segurança: o que é um sistema de rede em U?

Um levantamento feito pela Previdência Social e pelo Ministério do Trabalho em 2017 revelou que acontecem mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano em todo o país, causados por descuidos, falta de equipamentos de segurança e até exaustão. O Brasil é o quarto país do mundo que mais registra acidentes em atividades laborais, atrás apenas de China, Índia e Indonésia. A área da construção civil é uma das que mais concentra acidentes.

Como minimizar esses riscos? O sistema de redes em U pode ser mais um aliado para evitar esses transtornos.

Basicamente, trata-se de uma rede de segurança usada na vertical, fixada na estrutura entre lajes do pavimento. Diferentemente de outras redes, o sistema em U tem como objetivo impedir quedas da área onde é instalada, proporcionando uma proteção vertical de todo o vão da edificação.

Ao realizar a manutenção do sistema em U é necessário levar em conta alguns aspectos:

– Além de verificar as próprias redes, é preciso controlar os elementos que a suportam para substituí-los quando eles mostram desgaste. Testes da tração dos cabos de controle ou das malhas devem ser feitos e enviados ao fabricante.

– É preciso remover quaisquer objetos possivelmente retidos no sistema de segurança. E se houver queda de uma pessoa ou de um objeto pesado na rede ou em um dos elementos metálicos, é preciso substituir todo o módulo instalado por um novo.

– As redes estão expostas à ação abrasiva do ambiente, especialmente a radiação solar. Portanto, é preciso verificar periodicamente se há interrupções, se o sistema está livre de materiais em geral, especialmente os afiados.

Requisitos da Rede de Segurança

As redes de segurança devem possuir energia de absorção mínima de 2,3 kJ.

Os elementos de fixação devem ser estruturais e, de preferência, metálicos, e com sua ancoragem a cada 50 cm, no máximo.

A corda perimetral tem como objetivo determinar as dimensões da rede e como elas devem estar costuradas em todas as cordas externas da malha da rede. Já a corda de união precisa ter uma resistência mínima a tração de 7,5kN, e sua função é unir as redes entre si, malha a malha, com um nó a cada 50 cm, no máximo.

Não se esqueça, as entidades de certificação indicam que as redes de segurança em U expiram um ano após a data de fabricação. Após esse período, é preciso retirar uma das três amostras que sempre acompanham uma rede certificada e enviá-las para que o fabricante da rede faça novos ensaios e garanta que as suas especificações estão de acordo com as normas EN 1263-1, 1263-2 e ISO 2307.

Todo projeto na construção civil exige um estudo preliminar que ajude a identificar os método construtivo ideal e o cronograma da obra. O estudo tem como objetivo melhorar a segurança e reduzir os custos da sua obra, assim como determinar o melhor sistema de segurança.

A Metroform entende os principais desafios da construção civil e vai propor as melhores soluções para garantir a segurança na sua obra.

Compartilhe o post:

(Visited 506 times, 1 visits today)

About Author

1 Comment
  1. Redes de Segurança ou Sistemas Metálicos, o que é melhor? – Combrasen

    […] coletiva para evitar a queda de objetos e trabalhadores na sua obra. Tanto os sistemas de redes em U como em V seguem rigorosamente as especificações das normas EN 1263-1, 1263-2 e ISO 2307 e […]

Deixe uma resposta

shares